Terça-feira, 12 de Abril de 2011

The Power of Words

Sabiam que Chaplin se recusou a dar voz ao Charlot?!? A indústria de Hollywood queria que o seu maior génio se convertesse à tecnologia, mas Charles manteve-se irredutível. Dizia: "Se dou voz ao vagabundo ele morre..." Lembrei-me deste episódio ao ver este video. Está brilhante, mas as palavras dispensavam-se. Creio que aumentava ainda mais o impacto pretendido. Continuem a publicar,- pensando primeiramente no "Porquê?"-, mas não se esqueçam de comentar as vossas escolhas, a não ser que o verso, a música ou o video seja "breathtaking", "speechless". Revejam as vossas publicações e acrescentem "um ponto", mesmo que estes vos tenham deixado sem palavras. Saudações! Pedro Chorão
publicado por rtiatpovoacao às 01:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Feira Povoacense de 9 a 1...

. CLC 7 – DR3: Ciência e Co...

. Como se faz um audiolivro...

. "Biblioteca" de audiolivr...

. CLC 7 - DR2: Tutorial do ...

. "Fundação Pingo Doce de P...

. Mecenato: uma reflexão, n...

. Actividade Extra -.curric...

. A Tempestade de William ...

. Novos livros

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds